Buscar
  • Brutal Heavy Metal Store

SHAGRATH do Dimmu Borgir fala sobre seu projeto, o CHROME DIVISION



O HeavyMetal.dk conduziu uma entrevista com o vocalista Eddie Guz e o guitarrista Shagrath (DIMMU BORGIR) do CHROME DIVISION antes de seu show em 17 de fevereiro no Beta em Copenhagen, Dinamarca. Você pode assistir a conversa inteira abaixo. Seguem alguns trechos transcritos.


Sobre o que levou à formação em 2004 do CHROME DIVISION:


Shagrath: "Essa idéia começou na minha cabeça em 1999, na verdade. Depois que o DIMMU BORGIR estava terminando os ensaios, eu e outro cara tocamos alguns riffs e coisas que gravamos na sala de ensaios. Desde então, eu queria fazer algo mais rock and roll, que eu sou muito ligado desde que eu era muito jovem, crescendo com bandas como o KISS e coisas assim. Existem boas bandas de rock por aí, mas para mim, pessoalmente, havia muitas bandas sintonizadas em um padrão muito 'boogie' para o meu gosto. Eu tive essa ideia de criar algo um pouco mais, não extremo, mas mais escuro e sujo do que muitas outras bandas de rock e a coisa mais próxima que eu encontrei na época era o BLACK LABEL SOCIETY. Eu lembrei que fizemos uma longa turnê nos EUA, a turnê do Ozzfest com DIMMU BORGIR e em nossos intervalos, me aproximei do baixista anterior, Björn Luna, e começamos a construir idéias juntos e a tocar coisas assim. Começamos com essa música chamada 'Chrome Division'. Depois ouvi o álbum de estréia do THE CARBURETORS, chamado ' Pain Is Temporary, Love Is Forever '. É um ótimo álbum. Eu fiquei tão viciado nesse álbum por um bom tempo e pensava enquanto dirigia meu carro: 'Preciso de um vocalista com esse tipo de abordagem, com uma atitude meio buldogue'. Eu diria que começamos muito rápido. Nós demos a ele [Eddie] aquela música, então ele a desenvolveu. Tudo floresceu a partir daí ".


Eddie: "Muito rapidamente. Eu acho que nós tivemos, depois de duas semanas, três músicas. Eu estava tipo, 'Whoa. Isso está indo rápido.' Tivemos uma conexão musical de imediato, como queríamos que soasse. Sim, foi muito legal, todo o começo do projeto. Foi realmente fascinante a rapidez com que o desenvolvemos. "


Shagrath: "Também foi uma idéia fugir das rotinas diárias, encontrar-se uma vez por semana e se divertir. A partir disso nós gravamos e fizemos as músicas juntos. Isso é rock and roll. É uma maneira muito mais primitiva - essa maneira espontânea de criar, não analisar muito as músicas. Se gostarmos, então fazemos. Portanto, tem sido música após música. [Risos] Essa banda é construída sobre amizade e diversão. Nunca foi a ideia de se tornar grande, ganhar dinheiro ou algo assim. É tudo sobre se divertir com bons amigos, o que ainda fazemos. "


Por que "The Last Ride" é o último álbum do CHROME DIVISION:


Shagrath: "Eu acho que eu descobri, na verdade, há alguns anos atrás, que era realmente difícil encontrar apenas três horas em uma semana para ensaiar. Depois de um tempo, você começa a descobrir: 'Vou poder dedicar mais tempo a isso?' Nós temos outras prioridades, outras bandas e famílias, crianças e coisas para fazer. A banda me tirou um pouco do foco, eu acho. O que era para ser apenas uma música acabou virando cinco álbuns no total ".


Eddie: "Quando eu comecei a escrever as letras para este álbum, eu queria representar toda a história do CHROME DIVISION. Além disso, celebrar tudo o que fizemos juntos. Eu queria que não fosse triste, mas memorável. Nós nos divertimos muito.


Shagrath: "Esse é o conceito do 'The Last Ride'".


Eddie: "Uma celebração em muitas palavras"


Shagrath: "O primeiro show que fizemos nesta turnê foi com todos os ex-membros do CHROME DIVISION. Eles entraram no palco para algumas músicas. Esse foi um momento especial para todos nós."


"One Last Ride" foi lançado em novembro passado pela Nuclear Blast.




80 visualizações0 comentário